home
icone home icone mapa do site



banda

O mais antigo documento conhecido que se refere à Sociedade Filarmónica Quiaense tem a data de 14 de maio de 1824. No entanto a sua formalização como associação só ocorreu em 25 de agosto de 1869 com a aprovação dos primeiros Estatutos, adotando a partir desse ano o Dia de Reis para celebração das comemorações de aniversário.

Atuou pela primeira vez na cidade da Figueira da Foz em outubro de 1863, de forma espontânea, ainda antes da data oficial da sua fundação, para participar no “Te Deum” em honra do nascimento do Príncipe Real, posteriormente Rei D. Carlos I, como atesta o registo de agradecimento público do então presidente de Câmara.

Com um longo percurso dedicado em exclusivo ao ensino e divulgação da música, feito através da escola de música, coro litúrgico e filarmónica, teve em Frederico Augusto da Silva Nobreza, notável quiaense, o seu primeiro maestro e dinamizador, aquando da formalização como associação.

É a mais antiga associação da freguesia de Quiaios e uma das mais antigas do concelho, sendo por isso presença respeitada e incontornável nas festividades locais e regionais.

Das muitas participações em iniciativas culturais concretizadas por organismos do Estado ou entidades civis, destacam-se o prestigiante apuramento no encontro distrital de bandas de Coimbra e a consequente participação na final do encontro de bandas realizado no Porto na década de sessenta do século passado.

Iniciou o processo de integração na Casa do Povo de Quiaios em 1977, instituição que se mantém como seu suporte jurídico, ganhando assim melhores condições materiais e uma nova dinâmica.

Em 1982 foi agraciada pela Câmara Municipal da Figueira da Foz com a medalha de mérito cultural em ouro e em 2008 foi novamente agraciada com a medalha da cidade.

Na primeira década do presente século retomou a organização dos encontros de bandas de Quiaios através de intercâmbio com outras cogeres de diversos pontos do país, tendo em 2005 feito a sua primeira deslocação aos Açores, que repetiria em 2015.

Atualmente é composta por cerca de 50 elementos, a larguíssima maioria com idade inferior a 20 anos, sendo dirigida pelo Professor e Maestro António José Loureiro Jesus.

É filiada no INATEL, Federação de Filarmónicas do Distrito de Coimbra e Associação de Coletividades do Concelho da Figueira da Foz de que é sócia fundadora.


DISTINÇÕES

12 de Março de 1982
Medalha de Mérito em Ouro atribuída pela Câmara Municipal da Figueira da Foz

9 de Dezembro de 2008
Medalha de Mérito Cultural em Cobre atribuída pela Câmara Mun. da Figueira da Foz






bandaQuiaense


Nome
Sociedade Filarmónica Quiaense

Freguesia
Quiaios

Data de fundação
25 de Agosto de 1869 (estatutos)

Actividades principais
Banda de Música e Escola de Música

Instituição de utilidade pública
Diário da República 16/96 - III Série

Morada
Sociedade Filarmónica Quiaense
Largo Padre Costa e Silva, 13
3080-540 Quiaios

Telefone: 233 910 167 (das 9.00 às 17.00H)

Telemóvel: 967 267 050 / 968 250 046

E-Mail: filarmonica.quiaense@casapovoquiaios.com


 






Tem alguma questão? Entre em contacto connosco!

Por Telefone: 233 910 167 | 233 910 251
Por Fax: 233 910 250
Por E-mail: geral@casapovoquiaios.com



Página Inicial
| Mapa do Site



© 2011-2016 casapovoquiaios.com | Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: FozSitemas  | beedesign